Assistência

À Distância

24 Horas

Disponíveis

7 tipos de vídeos que conquistam mais utilizadores

Certamente que já reparou no rápido crescimento do conteúdo em formato de vídeo criado diariamente pela maioria das suas marcas e sites favoritos. O conteúdo em vídeo tornou-se cada vez mais importante, não só para as redes sociais como também para os algoritmos de pesquisa. Mas se não acredita, fique a saber que 78% dos profissionais de marketing confirmaram que o conteúdo em formato de vídeo consegue um excelente ROI.

Sobretudo porque consegue construir um reconhecimento da marca, ajuda a ligar-se aos seus clientes e dá mais conversões às empresas. Mas acredite que isso não é tudo. O conteúdo em formato de texto longo é ótimo para conseguirmos aprofundar um determinado assunto e aumentarmos a relevância da pesquisa. Porém, o marketing em formato de vídeo é um método extremamente eficaz para conseguirmos estabelecer uma ligação com o nosso público alvo.

Basicamente porque as pessoas podem dar um rosto à sua marca, em vez de um monte de texto sem nome e sem rosto que aparece no site da marca da empresa.

Para maximizar o impacto dos vídeos que conquistam cada vez mais utilizadores, podemos utilizar por exemplo algumas ferramentas online como por exemplo a FlexClip que será certamente um aliada indispensável. A FlexClip facilita a criação de conteúdos como tutoriais, vídeos promocionais, demonstrações de produtos e outros formatos populares, porque possui uma interface intuitiva e uma ampla variedade de templates personalizáveis que podemos utilizar.

 

gerar videos FlexClip

 

Ou seja, se utilizarem uma ferramenta como a FlexClip, os criadores podem rapidamente produzir vídeos profissionais que envolvem o seu público e atendem às preferências dos utilizadores que destacamos mais à frente neste artigo. Assim, qualquer pessoa, mesmo sem ter uma experiência avançada com a edição de vídeo, pode aproveitar esta ferramenta para criar conteúdos que realmente capturam a atenção dos utilizadores.

Basta pensar nos seus próprios hábitos de navegação. Com que frequência se sente compelido a ver um vídeo, mesmo que não tenha a intenção de o fazer. Provavelmente já viu um vídeo divertido, peculiar e informativo enquanto estava a comer qualquer coisa ou fez uma pausa rápida no trabalho.

Em média, uma pessoa vê mais de uma hora e meia de conteúdo em formato de vídeo online todos os dias. De facto, é muito tempo, e por isso faz todo o sentido arranjar conteúdo multimédia para colocar nas plataformas que elas costumam visitar. Muitas vezes fazem-no de hora a hora sendo, por exemplo, o que acontece com as redes sociais como o TikTok.

 

Poque criar conteúdo de vídeo?

De facto, a sua estratégia de marketing irá falhar se não recorrer ao conteúdo de vídeo. A razão é muito simples, o vídeo é uma das formas mais eficazes de se conseguir estabelecer e aumentar o reconhecimento da marca, envolver o público e converter espetadores em leads ou vendas.

 

1 – O vídeo cria conhecimento da marca

Muito do conteúdo que produz é provavelmente publicado num único local. O conteúdo em texto como, por exemplo, os artigos dos blogs são fundamentais para a sua estratégia de marketing. No entanto, é um tipo de conteúdo que atrai apenas um grupo muito restrito do seu público ideal.

O mais provável é que tal como fazemos no Informatico.pt também partilhe o seu conteúdo escrito em vários canais e redes sociais. A desvantagem disso é que o conteúdo escrito não pode ser partilhado na sua totalidade. Apesar de que, o resumo de um artigo de um blog ser um ótimo tweet ou post do Facebook e conseguir gerar um clique para o seu site, muitas vezes isso não é 100% eficaz.

Basicamente porque, o conteúdo de vídeo é sempre mais intercambiável entre as diversas plataformas. Ou seja, um vídeo carregado no YouTube pode ser visualizado por pessoas que nunca tenham visitado o YouTube. Isto porque pode ser incorporado numa das páginas do seu site, reproduzido num post de uma rede social ou então partilhado através de uma link com qualquer pessoa no mundo.

 

Na verdade, o conteúdo em vídeo não é apenas mais fácil de partilhar, como também mais fácil de consumir.

 

Provavelmente já procurou online um tutorial para fazer alguma coisa e de certeza que percebeu que era mais fácil seguir as instruções sobre aquilo que pretende recorrendo a um vídeo em vez de estar a ler um texto.

Com um vídeo pode atrair segmentos específicos do seu público que, de outra forma, não se iriam relacionar com a sua marca. Conseguirá atingir aqueles que são avessos à leitura, e dar a conhecer a sua marca a um grupo de pessoas que de outra forma não conseguiria alcançar.

Os vídeos apelam para diferentes tipos de aprendizagem e preferências de conteúdo a um público amplo e diversificado. Por causa disso, os profissionais de marketing utilizam cada vez mais conteúdo em vídeo porque perceberam o aumento de 54% no reconhecimento das suas marcas.

 

2 – Vídeos aumentam as conversões

Não importa quanta personalidade consegue incutir naquilo que escreve, acredite que será uma experiência diferente para o utilizador se ele estiver a ver e a ouvir aquilo que apresenta, mesmo que sejam as mesmas palavras e ideias.

De facto, os humanos são criaturas visuais e de certa forma ao vermos um vídeo é uma experiência semelhante a uma conversa amigável. Ou seja, as sugestões visuais aumentam a nossa confiabilidade e ajudam os espetadores a relacionarem-se melhor connosco.

Irá conseguir aumentar as conversões da sua marca porque um vídeo é sempre mais pessoal do que um texto. Ou seja, os seus clientes terão uma ideia melhor da sua marca se lhe conseguir dar um rosto. Isso tornará mais fácil para o seu público conseguir relacionar-se consigo. Além disso, aumentará o seu nível de confiança, o que resultará numa maior probabilidade de conversão num lead ou venda.

Mas se ainda não está convencido, então fique a saber que depois de ver um vídeo de uma marca, 81% das pessoas são convencidas a comprar um produto ou serviço.

 

3 – O conteúdo de vídeo ajuda o SEO orgânico

Apesar de até poder achar o contrário, criar e partilhar conteúdo de vídeo tem um impacto positivo no seu SEO orgânico. Os motores de busca, como o Google, consideram que o seu conteúdo é mais relevante para a pesquisa de um utilizador quando incorpora algum vídeo no seu site. Na verdade, tem 53 vezes mais probabilidades de conseguir aparecer no primeiro lugar do Google se o seu site tiver vídeos nos artigos do blog.

Isso sem contar com o aumento da probabilidade que os utilizadores têm em ser redirecionados para o seu site. Quantas vezes recebeu um link de um vídeo útil ou engraçado e depois e continuou a seguir o site do criador à procura e à espera de mais publicações semelhantes?

Além disso, os vídeos também impulsionam o SEO orgânico dos sites porque aumentam o tempo que o visitante passa no site. É comprovadamente um fator que afeta as classificações do Google:

 

7 tipos de vídeos que conquistam mais utilizadores 1

 

Resumindo, deve criar um conteúdo de vídeo que seja envolvente e que valha a pena partilhar porque aumentará a probabilidade de melhorar a posição no ranking do Google até mesmo de se tornar viral, resultando em mais clientes e consequentemente mais receitas.

 

Que tipos de vídeos são mais populares?

Um dos desafios em criar vídeos que tenham impacto é saber qual é o tipo de conteúdo que é mais eficaz. Outro desafio passa por assumir que teremos de lidar com alguns detalhes técnicos.

Mostramos a seguir 6 dos principais tipos de conteúdo em vídeo que comprovadamente são mais populares e que deve ter em conta para conseguir criar conteúdo de sucesso.

 

1 – Vídeos sobre jogos

Os vídeos sobre jogos têm muito sucesso por várias razões. Muitas pessoas vêm vídeos de jogos como uma forma de entretenimento. Os jogos podem ser muito divertidos de jogar, mas também muito interessantes para ver as outras pessoas a jogar. Os vídeos de jogos também são populares porque podem ajudar as pessoas a aprender mais sobre alguns jogos específicos. Basicamente porque podem mostrar dicas e truques que ajudam os utilizadores a melhorarem a sua jogabilidade e a compreenderem melhor o jogo. Isto aplica-se a todo o tipo de jogos, quer sejam jogos de computador ou jogos de casino online como os do site https://vulkanvegas.com/pt-pt.

Muitos jogos têm uma grande comunidade online, e os vídeos sobre jogos são uma forma de os utilizadores se ligarem a essas comunidades. Os espetadores podem comentar sobre o jogo e interagir com os outros jogadores e criadores de conteúdo. No entanto, o sucesso dos vídeos de jogos também pode depender da personalidade do criador do conteúdo. Alguns espetadores preferem ver alguém que seja engraçado, ou então mais informativo, mas que tenha uma abordagem única sobre um determinado tipo de jogo.

 

7 tipos de vídeos que conquistam mais utilizadores 2

 

Basicamente, os vídeos sobre jogos são muito populares porque conseguem oferecer entretenimento, aprendizagem, ligação com comunidades, além da personalidade dos seus criadores. O que tem a fazer é utilizar tudo isso para conseguir alavancar a sua marca promovendo a compra de produtos ou a subscrição de serviços.

 

Como criar vídeos interessantes sobre jogos

 

Para conseguir criar um vídeo sobre jogos que tenha sucesso terá de ter em consideração alguns aspetos que nos aprecem importantes. Mostramos-lhe a seguir alguma das principais dicas que podem ajudar:

 

  • Deve escolher um jogo que seja popular para criar um vídeo que atraia o maior número possível de espetadores. Os jogos mais populares normalmente já têm uma grande quantidade de fãs, isso é importante porque é mais fácil encontrar um público para o seu conteúdo.
  • Tente ser sempre criativo e original na criação dos seus vídeos. Ou seja, deve procurar uma forma única de falar sobre o jogo, seja através de comentários engraçados, dicas úteis ou de uma abordagem inovadora na forma de jogar. Isso ajudará a destacar o seu vídeo dos outros que já existem.
  • Antes de começar a gravar, crie um guião e planeie o conteúdo que irá incluir no seu vídeo. Isso ajudará a garantir que o vídeo seja estruturado e fácil de seguir, além de ajudar a evitar pausas desnecessárias ou falhas na gravação.
  • Certifique-se de gravar o vídeo em alta qualidade para garantir que os seus espetadores conseguem ver claramente os detalhes relacionados com jogo.
  • Depois de gravar o vídeo, edite-o para lhe dar um acabamento mais profissional. Adicione efeitos sonoros, trilha sonora e transições para garantir que o vídeo seja visualmente atraente.
  • Finalmente, promova o seu vídeo para que as pessoas o consigam facilmente encontrar. Partilhe o vídeo nas suas redes sociais e em comunidades online relacionadas com os jogos. Também deve utilizar palavras-chave relevantes no título e na descrição do seu vídeo para que ele possa ser mais facilmente indexado pelos motores de busca.

 

Se seguir estas dicas simples irá conseguir criar um vídeo sobre jogos que irá ter sucesso porque será apreciado pelos utilizadores que se tornaram fiéis ao seu canal ou à sua marca. Lembre-se de que a consistência e a qualidade são importantes, tentando manter uma programação regular de publicação de vídeos e continue a melhorar as suas habilidades na criação de conteúdo em formato de vídeo.

 

2 – Vídeos em Direto

As transmissões em direto são uma forma de criação de conteúdo em vídeo cada vez com mais adeptos. Além de ser divertido e interativo, é muitas vezes algo “bruto” porque dá aos espetadores uma visão interna da sua marca sem filtros.

Quase todas as principais plataformas de redes sociais implementaram um sistema de criação de vídeo em direto. Quer seja o Instagram, o Facebook, o YouTube, o Twitch, o TikTok, etc…

Lembre-se que 80% das pessoas prefere ver um vídeo em direto de uma determinada marca do que ler o seu blog. Mas afinal de contas que tipo de conteúdo é melhor para uma transmissão em direto?

 

  • Webinars
  • Jogos online
  • Apresentações
  • Formações
  • Entrevistas
  • Perguntas e respostas
  • Passeios
  • Visitas guiadas
  • etc…

 

Dê uma vista de olhos ao stream em direto do canal do YouTube #Wired do site de tecnologia conhecido mundialmente e chamado Wired.com. A transmissão em direto do #Wired é uma forma que a empresa encontrou de falar com o seu público alvo sobre temas relevantes para o seu negócio. Além disso, a #Wired incentiva o seu público a envolver-se nas suas transmissões em direto através da rede social.

 

7 tipos de vídeos que conquistam mais utilizadores 3

 

Alguns dos chats dos vídeos em direto anteriores são guardados para aumentar a riqueza do conteúdo útil a todos os utilizadores e que certamente irá melhorar o SEO da empresa.

 

Como criar vídeos em direto que sejam envolventes

 

O Facebook possui um conjunto de dicas e truques que pode seguir para conseguir criar conteúdo em direto e que são aplicáveis ​a quase todas as plataformas de transmissão das redes sociais:

 

  • Avise o seu público com alguma antecedência quando é que irá realizar uma transmissão em direto.
  • Crie uma ligação em direto apenas quando tiver a certeza que tem um bom serviço de Internet.
  • Escreva uma descrição informativa e que seja cativante sobre o assunto da sua transmissão.
  • Peça ao seu público para se inscrever no seu stream ou ative as notificações da transmissão.
  • Cumprimente e interaja com os seus espetadores, se possível individualmente.
  • Deve criar transmissões por períodos mais longos possíveis, por isso certifique-se que tem tempo.
  • Termine a sua transmissão em direto com um desligar definitivo.
  • Faça transmissões em direto com alguma frequência e varie nos temas do conteúdo.

 

Resumindo, a criação de vídeos em direto resume-se a uma regra muito simples que é: seja sempre genuíno. Depois, ofereça conteúdo em direto com o qual o seu público se identifique e mostre-lhes que se importa com eles. Finalmente, envolva-se com os seus espetadores, respondendo aos comentários e aceitando que o conteúdo em direto não precisa de ser perfeito, apenas precisa de ser interessante.

 

3 – Vídeos com Tutoriais

Muito provavelmente, já tentou cozinhar recorrendo a uma receita que escreveu à mão ou que tinha imprimida. Se for como eu, esses papeis, depois do primeiro cozinhado, ficam normalmente manchados ou já não sei mais deles. Por outro lado, é um pouco incómodo ter de acompanhar pelo papel cada etapa do processo enquanto mistura os ingredientes, controla o tempo para que tudo corra bem e ninguém reclame do seu cozinhado.

Agora, pense como seria mais fácil se tivesse um tutorial em vídeo em que a pessoa que está cozinhar não apenas fala com também mostra o que deve fazer passo a passo. De facto, existe uma grande variedade de tutoriais on-line para aprendermos a fazer quase tudo, desde cozer um bolo até substituir o ecrã partido de um telemóvel.

É por essa razão que os vídeos tutoriais são um dos três tipos de conteúdo em formato de vídeo mais eficazes. De facto, são uma ótima forma de conseguir criar valor para os seus leitores, capitalizando a sua experiência no setor que domina e assim ensinar e transferir algumas dessas habilidades.

Dê uma olhada neste tutorial de Jamie Oliver. É excecionalmente útil e relevante para o público:

 

7 tipos de vídeos que conquistam mais utilizadores 4

 

Como criar vídeos de tutoriais

Basicamente, existem três etapas fundamentais para conseguir criar vídeos tutoriais que além de serem atraentes também sejam úteis:

 

  • Comece por escrever um pequeno plano para o seu vídeo.
  • Identifique o objetivo do vídeo e cumpra-o escrupulosamente.
  • Seja genuíno na apresentação e transmita confiança.

 

De facto, um tutorial em vídeo, que esteja bem-feito irá servir como um conteúdo permanente ao qual o seu público irá recorrer repetidamente. Aliás, mesmo depois de alguém ter “consumido” o conteúdo do seu para conseguir resolver um problema, esse tutorial pode ser facilmente partilhado com a sua rede de colegas, amigos, conhecidos e familiares.

Podem, por exemplo, publicar um tweet ou enviar uma mensagem com; “Olá, sei que estás a precisar de formatar o teu computador. Utilizei este tutorial e o meu ficou como novo. Espero que isso te ajude!”

É uma mensagem eficaz, sobretudo se for dirigida a alguém que seguimos numa rede social ou em que confiamos.

 

4 – Vídeos dos Bastidores

Como humanos, somos naturalmente criaturas curiosas e adoramos saber como é que as coisas funcionam, sobretudo n