Assistência

À Distância

24 Horas

Disponíveis

5 dicas úteis para vender um nome de domínio

Saber como vender um nome de domínio não é uma habilidade que se consiga adquirir de forma natural. Mesmo que saiba como é que o processo funciona, há alguns pormenores importantes que deve conhecer antes de tentar vender o seu domínio. Ao compreendê-los e utilizá-los a seu favor pode ser conseguir obter o máximo de dinheiro com a sua venda.

Felizmente, não precisa de ser um especialista em informática para conseguir o melhor rendimento da venda de um domínio. Ao ter em conta alguns conselhos que vamos descrever neste artigo, poderá vender o seu nome de domínio com a máxima confiança e segurança de forma a conseguir obter o máximo de lucro possível.

Ou seja, neste artigo, vamos mostrar-lhe algumas das principais estratégias para conseguir otimizar facilmente a venda do seu domínio. Também vamos sugerir-lhe algumas ferramentas úteis que o podem ajudar ao longo de todo o processo. Será útil quer esteja a tentar vender um domínio que já tem a algum tempo ou então para perceber o valor de um domínio de um site como, por exemplo, o mr bet casino.

 

1 – Qual o valor de um domínio?

O processo de venda de um nome de domínio efetivamente começa com uma coisa importante que é qual é o valor do domínio. Basicamente, precisa de saber quanto é que os compradores estão dispostos a pagar para depois definir um preço razoável.

Nesta avaliação, existem alguns elementos que deve ter em conta e que podem afetar o valor do seu nome de domínio. Mostramos-lhe a seguir alguns desses elementos:

 

  • Comprimento. Os domínios com nomes que tenham menos de 15 caracteres tendem normalmente a ser mais valiosos.
  • Palavras-chave. Ao ter termos que sejam relevantes no nome do domínio irá aumentar o seu potencial em termos de SEO para ser utilizado num site.
  • Simplicidade. Deve ser o mais simples possível porque os nomes excessivamente complicados podem ser difíceis de os utilizadores se lembrarem, diminuindo com isso o seu valor.

 

Por outras palavras, um domínio com um nome curto, simples e específico, normalmente consegue ser vendido por um preço mais alto.

 

2 – Em que plataforma avaliar um domínio?

Se precisa de obter mais detalhes sobre o valor real do seu domínio, recomendamos a utilização de alguns serviços e ferramentas online que podem ser muito úteis na avaliação gratuita de domínios.

 

GoDaddy

Como serviço da GoDaddu tudo o que precisa fazer é inserir o seu nome de domínio na caixa e clicar em Obter valor para lhe aparecer uma página com um relatório básico em que tem os valores estimados do seu domínio.

 

5 dicas úteis para vender um nome de domínio 1

 

Basicamente a plataforma irá mostrar-lhe um valor com base nos seus dados das vendas que tem até ao momento. No entanto, isso não deixa nunca de ser apenas uma estimativa. Por isso, não tenha problemas em ajustar esse valor para um que achar melhor. Aliás, até porque, se estiver dentro do mercado, poderá ter uma perceção melhor do real valor do domínio.

 

Estibot

Além da ferramenta anterior também pode utilizar o Estibot para tentar calcular o valor do seu domínio. É um sistema de avaliação que utiliza um algoritmo que se baseia numa série de fatores para conseguir atribuir um valor o mais aproximado possível da realidade. No entanto, só porque a ferramenta diz que o seu domínio vale uma certa quantia, isso não significa que ele não esteja super ou subvalorizando.

 

Domain Index

Outra ferramenta que pode utilizar é o Domain Index e que de acordo com alguns testes nos parece ser a menos pessimista. Ou seja, de todas foi a que nos deu os valores mais elevados para os domínios que testamos. De facto, saber o valor do seu nome de domínio é inegavelmente uma coisa muito útil. No entanto, isso não é tudo o que precisa de saber para conseguir tirar o máximo de proveito do seu domínio. Ou seja, também irá precisar de conhecer as melhores estratégias de vendas.

 

3 – Como vender um domínio?

Quando se trata de descobrir as melhores opções de venda, saiba que cada mercado de comercialização de domínios funciona de maneira diferente. No entanto, existem basicamente três métodos diferentes que pode encontrar normalmente na comercialização de nomes de domínio.

Mostramos-lhe a seguir as principais formas de conseguir transacionar os seus domínios como o “comprar agora”, “fazer uma oferta” e o “leilão público”:

 

  • Comprar agora: neste caso publica um preço e qualquer comprador com dinheiro suficiente pode comprar o domínio instantaneamente. Se anda à procura de uma maneira rápida e fácil de vender um nome de domínio, esta é provavelmente a sua melhor opção. No entanto, recomendamos que esteja confiante no seu preço porque pode estar a perder dinheiro.
  • Fazer uma oferta: esta opção de venda requer um trabalho prévio. Em vez de ser uma compra imediata, um comprador interessado pode entrar em contacto consigo para lhe sugerir um preço. Depois, pode aceitar a oferta, rejeitá-la ou negociar uma nova. Deve escolher este método se estiver disposto a investir algum tempo e esforço na venda do seu domínio.
  • Leilão público: este método permite que os potenciais compradores compitam uns contra os outros. Basta definir um preço inicial para os utilizadores colocarem as suas ofertas, sendo o vencedor o que fizer a melhor oferta. Se acha que o seu domínio é bastante popular, então esta pode ser uma maneira eficaz de aumentar o preço sem a necessidade de gastar muito tempo com negociações.

 

5 dicas úteis para vender um nome de domínio 2

 

Mas, se não tiver a certeza de qual será a opção certa para si, recomendamos começar com o método “fazer uma oferta”. Na verdade, dá mais trabalho, mas também terá uma maior controlo sobre todo o processo de venda. Além disso, também lhe dará uma melhor ideia sobre o real valor do seu nome de domínio, o que poderá ajudar a reajustar o preço, se assim considerar necessário.

 

4 – Onde vender um domínio?

Provavelmente não irá ter uma surpresa se lhe dissermos que existem muitos sites online onde pode vender o seu nome de domínio. No entanto, esta grande variedade de opções, com diferentes tipos de qualidade, pode dificultar a sua escolha. A boa notícia é que existem alguns fatores que pode ter em conta para conseguir encontrar a plataforma de venda de domínios que melhor se ajuste às suas necessidades.

Por exemplo, a popularidade de um determinado site pode ser um fator importante. Ou seja, quantos mais utilizadores tiver uma plataforma, mais potenciais compradores terá para o seu domínio. No entanto, isso também pode significar que irá encontrar mais concorrência que aumentará o tempo do processo de venda. No informatico.pt consideramos que o ideal é ponderar bem todos os fatores envolvidos como o número de ofertas, o valor mínimo que queremos obter e a pressa que temos de vendar o domínio.

Além disso, também pode utilizar estas plataformas para tentar verificar o comportamento do mercado relativamente ao seu domínio. Normalmente, aqueles domínios menos específicos conseguirão alcançar um público mais vasto, enquanto os outros terão certamente um nicho menor e por isso menos procura.

 

5 – Quais as melhores plataformas para vender domínios

Se não sabe que plataforma escolher para vender o seu domínio, não se preocupe porque temos algumas sugestões que certamente o irão ajudar com isso. Confirme a seguir as nossas recomendações para ver qual será a mais indicada para aquilo que pretende.

 

Godaddy

 

5 dicas úteis para vender um nome de domínio 3

 

A Godaddy Auction é uma das maiores plataformas de venda de domínios que existem atualmente. Como qualquer bom site de leilão de domínios, permite aos potenciais compradores fazerem ofertas e aos vendedores escolher se aceitam ou não essa proposta, ou então ativar a opção de “Comprar agora”.

Algumas das principais vantagens do Godaddy são a sua famosa base de conhecimento e o seu rápido serviço de suporte. Além disso, como o Godaddy também é uma empresa de hospedagem, também pode tratar de tudo num único lugar.

Finalmente, se gosta de comprar e vender domínios, saiba que o Godaddy tem um processo de verificação para quem faz licitações. Ou seja, terá a certeza que não irá receber propostas de spam ou fraude.

 

Sedo

 

5 dicas úteis para vender um nome de domínio 4

 

A Sedo é uma plataforma que já existe desde 2001 e que possui mais de 18 milhões de domínios registados. Tem um incrível sistema de atendimento ao cliente e uma interface muito intuitiva com um painel de controlo.

A Sedo destaca-se por ser um serviço de gestão de domínios de qualidade premium. Por isso, se considera que tem um domínio premium, o Sedo será uma boa solução para si.

Mas, mesmo que não tenha um domínio premium, o Sedo poderá ser uma ótima escolha para si. Isto porque tem muitas opções para os vendedores poderem publicar os seus nomes de domínio e um sistema de proteção de pagamento para garantir que cada transação corre como o esperado.

A Sedo também está focada em categorias de domínios específicas como, por exemplo, os domínios criptográficos. Ou seja, é uma boa ideia utilizar esta plataforma se o seu domínio se encaixar numa das categorias que eles procuram.

Basicamente a Sedo é um dos mercados online mais populares entre os vendedores de domínios. Sobretudo porque oferece serviços de reserva integrados, um sistema de atendimento ao cliente robusto e uma interface intuitiva com muitos filtros.

A Sedo promove as suas listagens de domínios através de uma enorme rede de sites parceiros. O serviço de publicação é gratuito, no entanto, os preços das comissões variam entre 10% e 20%.

Tende em conta todas estas vantagens, normalmente no Informatico.pt recomendamos a Sedo sobretudo quando não tem a certeza de qual é o melhor mercado para o seu domínio. Além disso, se é um principiante, o processo de registo é muito rápido e simples, o que se torna numa vantagem quando não se tem muita experiencia neste negócio.

 

Flippa

 

5 dicas úteis para vender um nome de domínio 5

 

Outra solução a considerar é a Flippa que é uma plataforma que não só ajuda a vender nomes de domínio como também pode vender sites e empresas inteiras. Como tal, recomendamos que a experimente sobretudo se já trabalha com a venda de domínios e estiver a procurar um bom sistema online para obter uma fonte de receita.

De facto, a Flippa é um serviço que pode utilizar para vender nomes de domínio, sites e negócios inteiros que já existam. Infelizmente, este serviço premium cobra muito dinheiro para listar os domínios que pode ir até cerca de 500€ e que se baseia no tamanho da sua venda. Além disso, também cobram uma comissão extra de 5% sobre todas as vendas que tenham sido bem sucedidas.

Na verdade, a Flippa é mais do que apenas um mercado de domínios, sendo conhecida pelo seu grande mercado de sites afiliados. É uma plataforma muito boa a vender negócios online, lojas Amazon FBA e outros ativos semelhantes.

Em termos de venda de domínios, possui ótimos recursos de filtragem para os compradores poderem encontrar o que realmente querem comprar. Aliás, muitos dos seus utilizadores acedem à plataforma todos os meses para verificarem as últimas oportunidades e fazerem as suas licitações.

À primeira vista pode até assustar-se com a aparente complexidade da plataforma Flippa, mas acredite que é muito fácil de utilizar e conseguir comprar e vender domínios. A Flippa tem um processo de configuração automático que o orienta com as etapas necessárias para criar um leilão de um domínio. Também têm departamentos especiais para o ajudar no processo de financiamento, na assessoria jurídica e até na avaliação.

 

Afternic

 

5 dicas úteis para vender um nome de domínio 6

 

Afternic é outra boa opção com mais de cinco milhões de dominios registados e que já existe no mercado desde 1999. O serviço tem mais de 75 milhões de pesquisas mensais de domínios, sendo um dos mercados como mais tráfego. A empresa mãe da Afternic é a GoDaddy e por isso os domínios que aparecem nas listagens também aparecem na plataforma da GoDaddy. Também é um serviço onde a publicação do domínio é gratuita, tendo uma comissão de 20% paga quando o mesmo é vendido.

O GoDaddy é, sem dúvida, uma das plataformas mais conhecidas e oferece diversos serviços, desde alojamento até nomes de domínio. Por isso, se gosta de manter todos os seus recursos centralizados, vale a pena considerar esta plataforma.

Se sabe que os seus compradores estão à procura de quantidade, então o Afternic é o lugar certo para os seus negócios. Mas isso não quer dizer que o Afternic tenha nomes de domínio de má qualidade porque definitivamente tem vários de alto valor. Ou seja, pode escolher o Afternic se tiver um domínio que considera valioso e que queira vender.

Consideramos que as principais vantagens de utilizar esta plataforma são o tamanho da sua rede e fato de estar ligada a outros serviços como o Godaddy, a Domain.com ou a NameCheap. Basicamente, isso facilita a utilização do seu domínio depois da sua compra, tornando-o assim mais atraente para os seus potenciais compradores.

Aliás, até pode ser uma boa plataforma para si se estiver a pensar comprar nomes de domínio para depois revender mais tarde.

No Informatico.pt, a única reclamação que temos do Afternic é relativamente à experiência do utilizador porque possui uma interface bastante desatualizada. Ou seja, a forma como navegamos pelos seus diferentes recursos não é a coisa mais fácil do mundo.

 

NameCheap

 

5 dicas úteis para vender um nome de domínio 7

 

Tal como a plataforma anterior, a NameCheap também tem muitos serviços além de um mercado de domínios. Possui coisas como a transferências de domínios, a pesquisa WHOIS, a hospedagem de sites e e-mail, a gestão de certificados SSL e a validação de identidade. Ou seja, uma tonelada de outros serviços que os webmasters normalmente precisam.

Basicamente isso faz desta plataforma uma ótima escolha se precisar ou se andar à procura de um serviço completo. De facto, é um site bem construido em que pode contar com um bom serviço de suporte, quer esteja a comprar ou a vender.

No entanto, a NameCheap não é um sistema 100% perfeito porque podiam melhorar mais os seus preços, especialmente das transferências e renovações dos domínios. Por essa razão que não o consideramos como a nossa primeira escolha, apesar de continuar a ser uma das melhores plataformas online para venda e compra de nomes de domínio.

 

eBay

 

5 dicas úteis para vender um nome de domínio 8

 

Talvez o eBay não seja o primeiro lugar em que pensa quando anda à procura de vender o seu domínio. Mas acredite que é um mercado enorme para a venda de domínios baratos. Se tiver a curiosidade de confirmar perceberá que há atualmente mais de 12.000 nomes de domínio à venda no eBay.

Até pode achar que isso não é o cenário ideal por existirá muita competição, mas como sabe o eBay já é um velho veterano nos mercados de vendas online. Ou seja, ele sabe perfeitamente como pode ajudar os seus vendedores a conseguirem o máximo de lucro possível. O eBay tem serviços de filtragem muito eficazes, que ajudam a ligar os vendedores de domínio com o público ideal.

Reconhecemos que não é um mercado perfeito para a venda de nomes de domínio e que tem alguma competição. No entanto, pode sempre continuar a utilizar as ferramentas especializadas para avaliação ou transferência de domínio que os outros mercados oferecem.

Mas acredite, o eBay é um local a ter em conta quando anda à procura de um sítio para conseguir vender rapidamente o seu domínio.

 

NamePros

 

5 dicas úteis para vender um nome de domínio 9

 

NamePros é mais uma plataforma que pode utilizar para conseguir comprar e vender nomes de domínio, apesar de não ser propriamente um mercado. Mas, se está à procura de um lugar para conseguir vender um domínio rapidamente, o NamePros é o lugar certo.

Na verdade, o NamePros é um fórum utilizado por entusiastas de negócios online e que atualmente possui mais de 1 milhão de utilizadores registados no site. Mas fique a saber que esses utilizadores têm conhecimentos sobre o mercado de compra e venda de domínios.

Ou seja, se planeia vender nomes de domínio no NamePros terá mesmo de ter um domínio que realmente seja valioso e publicitá-lo de forma justa, ou então os utilizadores da plataforma irão perceber que está a tentar vender gato por lebre.

Pode até parecer um inconveniente, mas consideramos que isso é uma enorme vantagem relativamente a outras plataformas. De facto, o NamePros é um ótimo sítio para poder vender um bom nome de domínio.

Destacamos sobretudo a sua comunidade maravilhosa que o pode ajudar a informar-se sobre tudo o que diz respeito ao comércio de nomes de domínio. Mesmo que neste momento não tenha nada para vender, aceda ao site e registe-se porque é um bom lugar para obter informação interessante e útil.

 

SnapNames

 

5 dicas úteis para vender um nome de domínio 10

 

Apesar de o SnapNames ter uma interface bastante desatualizada, isso é uma coisa com a qual pode conviver facilmente. O que é mesmo mau nesta plataforma é o serviço que eles prestam aos seus utilizadores. Existem muitos comentários de clientes a reclamar do serviço de suporte do SnapNames, além de problemas relacionados com a dificuldade de navegação no seu site.

Sim, reconhecemos que não é um serviço bom, mas então, por que SnapNames está na nossa lista? Apesar das suas evidentes deficiências, o SnapNames continua a ser um dos mercados mais sólidos em termos de compra e venda de nomes de domínio.

Isso acontece porque eles ocasionalmente conseguem grandes registos de domínios como, por exemplo, o beer.com que depois fazem com que os compradores compitam ao máximo para o conseguirem comprar.

Portanto, apesar de não seja uma solução bonita, pode ser uma boa plataforma para conseguir vender os seus nomes de domínio.

 

Efty

 

5 dicas úteis para vender um nome de domínio 11

 

Se for um investidor em nomes de domínio, deve ter em consideração esta plataforma. Isto porque o Efty é um bom sistema para conseguir gerir os seus investimentos em domínios a um nível geral.

Tal como os investimentos em outros ativos, o Efty também o ajudará a analisar os seus investimentos recorrendo, por exemplo, a um portfólio. Poderá obter métricas sobre vendas e tráfego, além de o ajudar com a promoção dos seus ativos.

Além disso, o mercado do Efty é bastante grande e possui atualmente mais de 600.000 nomes de domínio registados para venda e um histórico de quase 10 anos no mercado.

Mas guardamos a melhor parte para o fim… Quer acredite, quer não, esta plataforma não tem qualquer tipo de comissões. Os utilizadores pagam apenas uma pequena taxa, que depende do número de nomes de domínio que têm no seu portfólio, fazendo dela um bom negócio.

 

Domainstate

 

5 dicas úteis para vender um nome de domínio 12

 

Apesar de o Domainstate.com não ser um mercado de domínios, é um recurso inestimável para qualquer pessoa interessada em vender domínios. Na verdade, o Domainstate.com é uma grande plataforma com tudo que um potencial vendedor de domínio precisa.

Possui ferramentas como pesquisas WHOIS, pontuações de Alexa, pesquisas de IP, conversor de IDN e verificador de popularidade de links. As estatísticas dos serviços de registo de domínio estão divididas em termos de popularidade, geral, por região e perda/ganho de membros.

Também possui bastantes recursos de domínio, como corretores, cauções, avaliações, financiamento e consultoria jurídica. Apesar de não terem uma excelente eficácia, possui ferramentas de SEO e de pesquisa de palavras-chave.

Na verdade, com esta solução não consegue vender nomes de domínio, mas mesmo assim entrou na nossa lista. Sobretudo porque os recursos que disponibiliza gratuitamente são incríveis.

Quer queira comercializar nomes de domínio para ganhar a vida ou então tenha um domínio que se quer livrar, uma visita a Domainstate.com nunca será uma má ideia.

 

BrandBucket

 

BrandBucket

 

O BrandBucket é mais um mercado online que pode utilizar para enviar um domínio e se receber a aprovação poder publicá-lo. Depois de ser aprovado, a sua listagem irá incluir uma descrição e um logótipo personalizado.

Neste sistema existe uma taxa de cerca de 10€ para poder inserir um domínio. Além disso, se registar o seu domínio no BrandBucket depois não está autorizado em publica-lo em mais nenhuma plataforma. Também é necessário pagar uma comissão de 30% sempre que vende ou domínio através da plataforma.

 

6 – Como promover a venda de um domínio?

Tecnicamente não precisa de publicitar o seu nome de domínio. Muitas das plataformas que listamos neste artigo permitem a publicação de um domínio para venda apenas com o nome e o preço. Apesar de esse ser o método mais fácil, pode não ser a melhor forma de conseguir maximizar o seu lucro.

É por isso que recomendamos que compile algumas das informações mais importantes para conseguir complementar a sua publicação. Isso demonstrará, não apenas, as vantagens do seu nome de domínio, como também mostrará aos seus compradores que não aceitará menos do seu valor real.

Pode considerar, por exemplo, a utilização de análises sobre o rastreio do tráfego de um determinado nome de domínio. Mesmo que agora o domínio esteja vazio, se comprovar uma potencial contagem de visitantes, isso pode sugerir que existem muitas pessoas, que estejam interessadas nesse domínio. Esse tipo de informação é muito atraente para qualquer potencial comprador.

 

5 dicas úteis para vender um nome de domínio 13

 

Os compradores podem sempre perguntar porque há tantas pessoas aleatórias que visitam o seu domínio se ele não tem nenhum conteúdo significativo.

A resposta é bastante simples. O mais provável é que o nome de domínio ter uma palavra-chave bastante popular que está muito bem classificada no motor de busca do Google. Basicamente isso faz com que esse nome de domínio tenha uma grande probabilidade de ser pesquisado por muito utilizadores e dai trazer mais tráfego para o website que estiver associado.

Outro aspeto importante a ter em conta é o facto de o nome do domínio ser ou não memorável pelos utilizadores. Nomes curtos e simples normalmente são os melhores candidatos a domínios de sucesso. Em caso de dúvida, tente utilizar o teste do placard. Basta para isso perguntar a si mesmo se visse um endereço URL afixado num placard na rua, se depois quando chegasse a casa se se lembraria do mesmo. Se a sua resposta for sim, então é provável ter em mãos um nome de domínio com algum valor.

Finalmente, tente sempre dar o devido valor ao poder da extensão do domínio. Os sites que terminam em “.com” são normalmente mais valiosos. No entanto, isso não significa que uma extensão “.net” seja um algo que deva evitar, muito pelo contrário. Além disso, ultimamente, algumas das extensões de domínio mais exclusivas, começaram a tornar-se mais populares, como, por exemplo, o “.io” ou “.store” que podem ser vendidas a preços bastante altos.

Resumindo, sempre que estiver interessado em vender um domínio deve anunciar tantos destes elementos quanto considerar mais relevantes. Aliás, a maioria dos mercados online já oferece um sistema para esse propósito. Além disso, também pode aproveitar-se de recursos específicos da plataforma, como a opção de se poder vincular a um portfólio de vendas.

No informatico.pt sugerimos sempre que tente equilibrar os detalhes que considere mais importantes. Além disso, quanto mais mostrar o seu nome de domínio, mais provável será que ele consiga chamar a atenção de um comprador. Mas lembre-se sempre que o mais importante é fazer isso de forma rápida e concisa.

 

7 – Como proteger a venda de um domínio?

Depois de conseguir um comprador interessado no seu domínio, é normal que se sinta ansioso. No entanto, tente não deixar que a sua excitação tire partido de si e mantenha-se sempre o máximo cauteloso possível durante o processo de venda.

Lembre-se que infelizmente, nem todas as pessoas da internet procuram fazer negócios de forma honesta. Existirá sempre a possibilidade de perder o seu domínio para um criminoso. Felizmente, existem alguns serviços online que ficam com a custódia ou uma reserva do domínio e que pode ajudar muito a evitar esse tipo de fraudes.

Por exemplo, a plataforma Escrow é um sistema em que é realizado um acordo legal com uma empresa que atua no negócio como um terceiro neutro que é basicamente um mediador. Ou seja, eles mantêm na sua posse o seu nome de domínio até receberem a totalidade do pagamento.

No fundo, são responsáveis pelo sucesso do negócio e por garantir que ambas as partes recebam o que concordaram. Na verdade, existem na internet muitos serviços de reserva ou custódia de domínios com bastante qualidade.

No Informatico.pt somos particularmente fãs do Escrow.com, sobretudo por causa do seu excelente histórico e popularidade:

 

A página inicial do Escrow, que pode ser uma ferramenta vital para saber como vender um domínio da melhor forma possível.

 

No entanto, reconhecemos que qualquer outro tipo de serviço que seja minimamente seguro irá conseguir resolver o problema. O importante é antes de subscrever o que quer que seja dar primeiro uma vista de olhos sobre o valor que cobram de comissão para depois não ter uma surpresa desagradável.

O atendimento ao cliente também pode é um fator importante na hora de escolher um serviço porque poderá precisar de ajuda.

Na nossa opinião, a única maneira de um negócio de compra e venda de domínios online poder correr mal é não utilizar um serviço de custódia. Pode até sentir-se tentado a não ter de pagar uma comissão, mas lembre-se que essa poupança pode representar um risco bastante grande em termos de segurança.

Isso aplica-se sobretudo a transações de valores mais elevados, em que os criminosos oferecem uma quantia absurda de dinheiro pelo seu domínio, mas insistem em que não seja utilizado no negócio nenhum sistema de custódia. Dessa forma, eles conseguiram ficar com o seu domínio para revenderem e ganharem dinheiro à sua custa. Recomendamos sempre que evite esses tipos de negócios a todo custo.

 

8 – Porque controlar a transferência de um domínio?

Depois de encontrar um comprador e iniciar o processo de custódia, o mais provável e deixar simplesmente a venda terminar. No entanto, recomendamos que se mantenha sempre a par de todo o processo de transferência do seu domínio.

Lembre-se, por exemplo, que a maioria das plataformas e mercados de venda de domínios cobram uma pequena taxa de comissão. Isso acontece normalmente depois que receber o pagamento e do domínio ser transferido com sucesso. Portanto, é importante acompanhar esse processo para saber exatamente quanto dinheiro ira ganhar.

Além disso, o seu comprador pode ter dúvidas durante o processo de transferência. Manter-se atualizado pode garantir que dará uma resposta atempadamente, o que irá melhorar a sua reputação como vendedor. Se quiser dobrar esse serviço, lembre-se de previamente o comunicar ao comprador.

Monitorizar o processo até final também irá conseguir manter a sua agenda atualizada. A maioria dos serviços de custódia tem um período de espera para garantir que o dinheiro é transferido para o seu destinatário legítimo. No entanto, esse tempo pode variar dependendo do vendedor e da situação. Por isso, é importante manter-se informado caso surja algum problema.

Logo que a transferência final seja concluída com sucesso, recomendamos que reveja a sua experiência em todo o processo. Por exemplo, se a plataforma de venda e a empresa de custódia que escolheu facilitaram o processo. Só assim é que conseguirá perceber se pode poupar tempo e dinheiro com uma nova pesquisa de serviços ou então deve continuar a utilizar os mesmos.

 

Conclusão

Nunca dissemos que vender um nome de domínio seria uma tarefa fácil. No entanto, não é precioso tirar nenhum curso porque não precisa de ser nada assim tão complicado. Basta seguir alguns dos conselhos deste artigo que já foram testados e comprovados para conseguir aproveitar ao máximo a sua experiência de vendas.