24 Horas

Disponíveis

Satisfação

Garantida

Assistência

À Distância

Carrinho

Compras

Minha Conta

Entrar | Registar

12 dicas SEO para melhorar um site sobre saúde

Ultimamente, tem-se empenhado ao máximo a escrever artigos de qualidade para o seu site sobre saúde e o seu conteúdo continua sem ter grandes visitas? Sabia que o Google analisa esse tipo de textos com muito mais rigor que os conteúdos “normais”.

Isso acontece porque o conteúdo sobre saúde é classificado com uma categoria chamada , que em português quer dizer “O seu dinheiro ou a sua vida”.

12 dicas SEO para melhorar um site sobre saúde 1

Foto de no

 

De facto, não basta preocupar-se apenas com os . O Google espera que publique informações seguras e que seja capaz de passar segurança para os seus leitores.

Por isso, se tem um site sobre questões relacionadas com a saúde tem obrigatoriamente de considerar três conceitos fundamentais chamados de Expertise, Authoritativeness and Trust. É um conceito cada vez mais comum que ficou conhecido como E-A-T, ou seja, “competência, autoridade e credibilidade”.

Vamos mostrar a seguir as 3 características deste conceito para que perceba o que deve ter em conta quando cria conteúdo para o seu website ou blog relacionado com Saúde.

 

E – Competência

É claro que, ninguém consegue escrever bem sobre alguma coisa, se não tiver profundo conhecimento sobre esse assunto. Tratando-se de conteúdo sensível, como no caso da saúde, o Google quer saber quem está por trás das palavras, quem é o expert sobre o tema.

Na prática, o Google valoriza mais um artigo escrito por um médico especialista em oncologia sobre cancro de mama do que um artigo escrito por um blogger sem formação em medicina.

Por isso é que a informação sobre a formação do criador do artigo têm de estar disponíveis no site ou no artigo do blog.

Além disso, a qualidade das informações e a forma como são publicadas online também são analisadas.

Todos estes fatores devem ter-se em conta especialmente nos artigos das principais páginas do site.

 

A – Autoridade

Relativamente à autoridade deve disponibilizar no site as credenciais do autor do conteúdo à disposição do seu público.

Uma das formas mais simples de o conseguir fazer é criar uma página “sobre” onde faz uma apresentação dos autores que publicam conteúdo no site. Deve incluir nessa página as suas formações, especializações e experiências na área.

Uma dica interessante que encontramos, por exemplo, num portal especializado em saúde muito conhecido, chamado , é a utilização de um Avatar com o nome do autor e a sua especialidade nos artigos do site.

Isso faz com que as publicações comecem a ganhar mais visitas porque os leitores sentem mais confiança naquilo que estão a ler no seu site.

Outro ponto importante, é que o Google considera o seu conteúdo com mais autoridade quando outros especialistas o citam a si e ao seu conteúdo através de um link.

 

T – Credibilidade

A credibilidade do seu site é importante para que o Google tenha a certeza de que ele é uma fonte segura e que os seus leitores podem confiar no seu conteúdo.

Para conseguir conquistar a credibilidade do Google, o site tem de ter informações bem claras dos contactos e localização dos seus responsáveis. Ou seja, deve ter por exemplo, um formulário para o visitante poder entrar em contacto com o autor do conteúdo.

Ou então, permitir que os seus clientes possam deixar avaliações, depoimentos e comentários sobre os seus serviços.

Além disso, claro que o site deve estar bem construído, ser fácil de navegar entre as páginas e de ler o conteúdo de forma simples e rápida.

 

12 dicas SEO para melhorar um site sobre saúde 2

Foto de no

 

12 estratégias para aumentar as visitas do seu site

Esforce-se sempre por criar conteúdo com bastante qualidade. Lembre-se que o Google coloca sempre em segundo plano o conteúdo mal escrito ou que não agregue valor aos utilizadores. Isto acaba por fazer com que o seu site seja considerado como pouco confiável e obriga o Google a não lhe encaminhar para mais utilizadores.

Entender os conceitos acima vai ajudá-lo a obter excelentes resultados com o seu site sobre saúde mas também com sites sobre outros assuntos.

Para conseguir um melhor posicionamento nos resultados das pesquisas do Google, existem algumas estratégias que podem ser implementadas na sua página.

Se perceber e aplicar estas estratégias vai conseguir melhorar radicalmente o seu ranking, garantindo uma melhor posição nos resultados das pesquisas online:

 

1 – Identifique o seu potencial cliente

Deve partir do princípio que o que escreve é para um determinado público alvo. Por isso, antes de começar a escrever tem de tentar perceber exatamente com quem é que se vai comunicar.

De facto, escrever algum artigo para o João que ganha o salário mínimo a trabalhar em dois turnos para sustentar a família é muito diferente de escrever para a Maria que tem uma grande empresa com mais de 100 funcionários.

Ou seja, quem são os seus potenciais clientes? O que é que eles fazem? Que tipo de rendimentos é que têm? Como é que eles pensam e agem no seu dia a dia?

Fazendo estas questões, vai conseguir perceber quem é a sua “persona”. Basicamente qual é o perfil do seu público alvo e como se deve relacionar com ele.

Após conhecer a sua “persona” já pode pensar nas possíveis soluções para atender as necessidades do seu público alvo e o que pode influenciar as suas estratégias de marketing.

 

2 – Mostre claramente que serviço oferece

À semelhança de outras áreas, a saúde tem muitos nichos que podem ser explorados. O tema é tão amplo que o propósito de “melhorar a saúde” do seu cliente/paciente é abrangente demais. Há milhares de formas de melhorar a saúde como, alimentação, exercício, medicação, etc…

O Google precisa de saber exatamente o que oferece, por isso seja claro sobre o que pretende passar aos seus leitores na página principal do seu site.

Descreva brevemente o seu serviço para que o leitor ou paciente saiba rápida e claramente o que pode encontrar no seu site.

Não basta considerar o seu conteúdo como o melhor, lembre-se que a sua audiência e sobretudo o Google, também precisam de pensar o mesmo. Por isso, mostre os seus objetivos na sua página principal para assim começar a construir uma relação.

 

12 dicas SEO para melhorar um site sobre saúde 3

Foto de no

 

3 – Apague o conteúdo com menos qualidade

Acreditamos que já tenha muito conteúdo na sua página e talvez até tenha sido escrito no início da criação do seu site. Mas, partindo do princípio que, entretanto já melhorou os seus artigos, é melhor apagar os primeiros que tinham menos qualidade.

Portanto, se os seus artigos podem ser melhorados, com mais detalhes e com informações mais ricas dentro do seu nicho, faça isso.

Das duas uma, ou melhora a qualidade de todos os artigos, ou então apaga aqueles em que o conteúdo tem menos qualidade.

Lembre-se que a qualidade para o Google é muito melhor que a quantidade. O Google coloca em segundo plano um conteúdo mal escrito ou que não agregue valor para os utilizadores.

O Google considera que os sites que publicam conteúdos desinteressantes e muito superficiais não são sites confiáveis. Ou seja, não escreva mais do mesmo apenas para ter mais conteúdo, isso vai prejudicar o seu ranking nos resultados das pesquisas do Google.

 

4 – Torne a navegação simples e clara

Tem a certeza que o seu site está construído de forma a facilitar a navegação do utilizador? Talvez, a utilização do seu site seja muito clara para si, mas isso não quer dizer que o seu público-alvo consiga encontrar facilmente tudo o que precisa dentro da sua página.

O Google não quer para os utilizadores nem gosta de confusão, por isso é preciso que tenha a certeza que a navegação nas paginas do seu site está clara.

Pode melhorar a navegação no site pode, por exemplo, utilizar links, conteúdo na barra lateral e informações importantes no rodapé. Além disso, é claro que deve destacar o conteúdo principal para que seja de rápido e fácil acesso aos utilizadores.

 

5 – Evite o excesso de anúncios e publicidade

Os motores de busca como o Google, gostam de distinguir claramente o conteúdo principal dos anúncios que são publicados nos sites. Por isso tenha bastante cuidado para não cair no erro de misturar esses dois tipos de conteúdos no seu site sobre saúde.

Para isso, basta tentar não utilizar informações de publicidade e imagens vinculadas a anúncios dentro dos seus artigos.

Se o fizer, os seus utilizadores vão certamente confundir o conteúdo publicitário com o conteúdo dos seus artigos mais bem redigidos e interessantes.

Se o Google considerar o seu conteúdo como spam corre o risco de ser penalizado, prejudicando assim o seu ranking. Ou seja, não adianta ter-se esforçado para ter um conteúdo rico e bem redigido para depois ser prejudicado por anúncios pouco úteis que o deturparam.

 

6 – Crie artigos com títulos interessantes

Sim, são os títulos apelativos que conseguem chamar a atenção dos utilizadores para depois lerem o conteúdo dos seus artigos.

De nada adianta ter um conteúdo de altíssima qualidade se depois o título não consegue chamar a atenção dos seus leitores.

Para ajudar no processo de criação de títulos para os seus artigos existe uma técnica chamada AIDA que pode utilizar e que significa Atenção, Interesse, Desejo e Ação.

Basicamente, deve utilizar no título do seu artigo, termos que chamem a atenção imediata do leitor, tentando despertar o seu interesse mostrando algum benefício para que ele sinta o desejo de tomar a ação de o ler.

Por utilizar termos como, por exemplo “aprenda mais clicando aqui”.

 

12 dicas SEO para melhorar um site sobre saúde 4

Foto de no

 

7 – Utilize as palavras-chave adequadas

Para conseguir um bom conteúdo deve planear antes a utilização das palavras-chaves mais adequadas ao que vai escrever. Para isso precisa de saber como deve escolher esses termos para que sejam relacionados com o seu nicho e depois sejam utilizados no conteúdo dos seus artigos.

Pode começar, por exemplo, por listar os termos médicos relacionados com os serviços que oferece no seu site. Esses termos provavelmente farão com que as pessoas consigam encontrar as suas páginas na internet.

Pode utilizar uma ferramenta online para descobrir as palavras-chaves mais procuradas pelos utilizadores dentro do seu setor.

Mas cuidado, depois de descobrir as palavras-chave não basta coloca-las aleatoriamente dentro do texto do seu artigo. Se o fizer o Google pode reconhecer isso como sendo spam e assim penalizar o seu site. Utilize sempre as palavras-chave de forma natural e relevante.

Ou seja, em vez de utilizar o termo “nutrientes essenciais”, aposte em “melhores alimentos para fornecer os nutrientes essenciais”, dentro de um contexto, é claro.

 

8 – Aposte em elementos visuais

Hoje em dia a forma mais popular de consumir conteúdo é através das imagens e do vídeo. Portanto, não precisa de se focar apenas em escrever bons e longos artigos. Lembre-se que a qualidade da informação não está associada a conteúdo denso.

Para conseguir simplificar a informação para o seu público alvo é necessário apostar em elementos visuais.

Normalmente, os sites com vídeos têm mais tráfego orgânico e mantêm as pessoas por mais tempo na página, apenas porque veem o vídeo que colocou no conteúdo.

Por essa razão, o Google começa a entender que o seu site é relevante e tem conteúdo que interessa aos utilizadores e por isso é um site valioso.

Também existem outros elementos visuais interessantes como boas imagens e infográficos.

Pense que quanto mais simplificado e interativo for o seu conteúdo, mais atraente será o seu site. No entanto, certifique-se sempre de utilizar imagens com boa qualidade e com algum texto alternativo.

 

9 – Melhore a velocidade da página

A velocidade de carregamento das páginas do seu site também são fatores avaliados pelo motor de busca.

O ideal é que carregue completamente em apenas um segundo. Se demorar mais de dois segundos a carregar já é considerado pelos motores de busca como um site lento.

A velocidade do carregamento da página é importante porque se for muito lenta faz com o utilizador desiste e vá procurar noutro site mais rápido.

Consegue consultar a velocidade das suas páginas utilizando uma ferramenta gratuita do Google chamada PageSpeed ​​Insights.

 

10 – A segurança é uma prioridade

Especialmente, um site sobre saúde, tem de ser o mais seguro possível, porque ajuda a melhorar o seu SEO.

Para o conseguir, é necessário ter um certificado Secure Socket Layer (SSL), que não é nada mais que um padrão global em tecnologia de segurança.

É um sistema que ajuda e encriptar a sua página, garantindo assim a segurança garantindo que os dados que contém estão protegidos dos ataques de hackers.

Lembre-se que o Google penaliza todos os portais de saúde que não possuam esse certificado, diminuindo significativamente o seu ranking e consequentemente o seu número de vistas.

Por isso, se quer ter um site que seja entendido pelos motores de busca como seguro e de confiança, especialmente se o tema é sobre saúde, esforce-se por garantir que utiliza os mais recentes sistemas de segurança online.

 

12 dicas SEO para melhorar um site sobre saúde 5

on Unsplash

 

11 – Compatível com dispositivos móveis

Como sabe, o telemóvel é o principal equipamento que as pessoas em geral utilizam para acederem à internet e pesquisarem informação.

Por isso, se o seu site não for compatível com dispositivos móveis, dificulta a vida aos seus leitores em vez de a simplificar.

Recomendamos que invista num design responsivo que muda automaticamente quando reconhece que o acesso vem de um telemóvel ou tablet.

Ou seja, procure que o seu site se ajuste automaticamente ao tamanho dos ecrã do equipamento que o seu leitor utiliza para visualizar o seu site.

Com isso irá melhorar a experiência de navegabilidade no portal e assim fidelizar os seus leitores e fazer com que os motores de busca lhe encaminhem mais visitas.

 

12 – Apareça nas redes sociais

De facto, até pode ser que isso não seja um ponto de classificação utilizado pelo Google e estar presente nas redes sociais não faz com que apareça nas primeiras posições dos motores de busca.

No entanto, trata-se de SEO externo que também é muito importante para conseguir bons resultados para o seu site.

Basta que para isso pense como é que atualmente consome mais conteúdo e vai ver que grande parte dele é através das redes sociais.

De facto é nas redes sociais que muitas vezes os pacientes podem decidir entre um médico ou outro, encontrar informações sobre as melhores clínicas e serem indicados por pessoas que já utilizaram os serviços antes.

Por isso, um bom perfil no Instagram pode sim ser relevante, desde que atualizado com frequência e com conteúdo de qualidade.

 

https://www.youtube.com/watch?v=l0wpbtW7qOg

Conclusão

Sim, ter uma presença online é mais importante do que aquilo que pode imaginar. Por isso, deve ajustar o seu site para que seja conhecido e relevante no mundo digital.

Segundo os últimos dados de uma investigação partilhados num artigo do portal “Resultados Digitais, 94% dos 3800 entrevistados afirmaram que procuram informações de saúde na internet. Cerca de 78% dos participantes do estudo consultam a internet antes e depois de irem a uma consulta médica.

Estes dados revelam a importância de investir em informação de qualidade. Sabendo que a maioria esmagadora das pessoas consulta o motor de busca antes de procurar assistência, é impossível continuar a produzir mais do mesmo.

É por causa disso que o Google é tão criterioso naquilo que entrega como melhor conteúdo a quem procura uma solução para um problema de saúde.

Por isso, se é um especialista da área da saúde, invista em marketing de conteúdo. Foque-se sobretudo em educar o seu público abordando da melhor forma os assuntos da sua especialidade. Trabalhe na prevenção dentro do seu nicho entregando valor e ainda mais saúde aos seus leitores.

Lembre-se que a forma mais assertiva de entregar valor aos seus leitores é criar uma relação mais próxima com os seus possíveis pacientes.

 

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

COMENTÁRIOS E OPINIÕES:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Conteúdo:

Options

Formulário de Contato

Agendar

serviços informaticos ao domicilio
Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin